lição Jovens e Adultos 2º Trimestre 2013

 TEMA
 A Família Cristã no Século XXI 


SUBTÍTULO: 
 Protegendo seu lar dos ataques do inimigo

AUTOR:
 Elinaldo Renovato de Lima

1: Família, criação de Deus

Desde o princípio, a família foi estabelecida como uma das maiores bênçãos da humanidade. A Bíblia nos ensina que Deus criou o homem e a mulher à Sua imagem e semelhança, e os uniu em casamento para formar uma família (Gênesis 1:27; 2:24). A família é uma instituição divina, criada por amor e com o propósito de proporcionar cuidado, proteção, apoio emocional e espiritual aos seus membros.

2: O casamento bíblico

O casamento, conforme descrito na Bíblia, é uma aliança sagrada entre um homem e uma mulher diante de Deus e dos homens. Essa união é para ser uma expressão de amor, fidelidade e compromisso mútuo. O casamento é uma representação do relacionamento entre Cristo e Sua igreja, com o marido sendo comparado ao papel de Cristo e a esposa ao papel da igreja (Efésios 5:22-33).

3: As bases do casamento cristão

O casamento cristão tem como alicerce princípios como amor, respeito, compreensão, perdão e comunicação. Além disso, a Palavra de Deus deve ser o guia para o casal, orientando suas decisões e ações. A oração mútua e o crescimento espiritual conjunto também são fundamentais para fortalecer o relacionamento.

4: A família sob ataque

Infelizmente, a instituição da família tem sido alvo de ataques constantes em nossa sociedade moderna. Pressões externas como a cultura do individualismo, as influências das mídias sociais e a falta de tempo para interações familiares têm impactado negativamente os laços familiares. Nesse cenário, é ainda mais importante que os cristãos se apeguem aos princípios bíblicos e fortaleçam sua família.

5: Conflitos na família

Conflitos são inevitáveis em qualquer relacionamento humano, e a família não é exceção. No entanto, quando surgem desentendimentos, a Bíblia nos ensina a buscar a reconciliação e a resolver as questões com amor e paciência (Efésios 4:32). O perdão mútuo é essencial para manter a harmonia familiar.

6: A infidelidade conjugal

A infidelidade conjugal é uma das maiores crises que uma família pode enfrentar. A Bíblia é clara ao condenar a infidelidade e exorta os cônjuges a permanecerem fiéis um ao outro (Êxodo 20:14; Hebreus 13:4). Quando a infidelidade ocorre, o arrependimento genuíno, o perdão e o aconselhamento são fundamentais para a restauração do relacionamento.

7: O divórcio

O divórcio é uma realidade dolorosa que muitas famílias enfrentam. Embora a Bíblia permita o divórcio em casos de adultério e abandono (Mateus 19:9; 1 Coríntios 7:15), o plano de Deus para o casamento é a união duradoura e comprometida. O divórcio deve ser sempre a última opção, buscando-se primeiro a reconciliação e o perdão.

8: A Educação Cristã, responsabilidade dos pais

A educação cristã é um dos pilares para a formação de filhos comprometidos com valores bíblicos e princípios éticos. Os pais têm a responsabilidade de ensinar aos seus filhos a Palavra de Deus e exemplificar uma vida cristã coerente. Esse investimento na educação espiritual dos filhos é essencial para que eles cresçam como discípulos fiéis de Cristo.

9: A família e a sexualidade

A sexualidade é uma dádiva de Deus, projetada para ser expressa dentro dos limites do casamento. A Bíblia ensina que a imoralidade sexual é pecado (1 Coríntios 6:18) e que a sexualidade deve ser vivida com pureza e respeito. Os pais têm o papel de ensinar e orientar seus filhos sobre a sexualidade à luz dos princípios bíblicos.

10: A necessidade e a urgência do culto doméstico

O culto doméstico é um momento em que a família se reúne para adorar a Deus, estudar a Bíblia e orar juntos. Essa prática é essencial para o crescimento espiritual individual e familiar, fortalecendo os laços entre os membros e mantendo Deus no centro da família.

11: A família e a Escola Dominical

A Escola Dominical é uma ferramenta importante para o ensino da Palavra de Deus e o crescimento espiritual de cada membro da família. Os pais devem encorajar seus filhos a participarem e também participar ativamente para aprenderem juntos sobre a fé cristã.

12: A família e a Igreja

A família e a igreja são duas instituições complementares que devem caminhar juntas em harmonia. A igreja oferece suporte espiritual, comunhão e oportunidades de serviço, enquanto a família é fortalecida pela comunidade cristã e contribui para o crescimento da igreja através de seus membros engajados.

13: Eu e minha casa serviremos ao Senhor

Essa poderosa declaração final, baseada em Josué 24:15, enfatiza a decisão firme de uma família em servir ao Senhor. É uma escolha consciente de viver em obediência aos ensinamentos bíblicos, buscando a orientação divina em todas as áreas da vida familiar e colocando Deus no centro de tudo que fazem.

Conclusão:

A família é um projeto divino de amor e cuidado, estabelecido por Deus para abençoar e fortalecer seus membros. Para enfrentar os desafios da vida moderna, é fundamental que as famílias se apeguem aos princípios bíblicos, cultivem um relacionamento íntimo com Deus, pratiquem o perdão e o amor mútuo, e busquem orientação espiritual em todas as áreas de suas vidas. Quando a família se compromete a servir ao Senhor, ela encontra a força e a graça para superar obstáculos


obs: neste poste
so os tiulos que é de Elinaldo Renovato de Lima
os comentario são de pb Ivaldo Fernandes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *