lição Jovens e Adultos 3º Trimestre 2011

 TEMA
 A Missão Integral da Igreja 


SUBTÍTULO: 
 Porque o Reino de Deus está entre nós

AUTOR:
 Wagner Gaby

1: O projeto original do Reino de Deus

O conceito do Reino de Deus é central para a teologia cristã e tem suas raízes no Antigo Testamento. Segundo a Bíblia, o Reino de Deus representa o plano divino para a humanidade desde o início dos tempos. Deus criou o mundo com a intenção de estabelecer um relacionamento íntimo com Suas criaturas, compartilhando Sua sabedoria, amor e justiça. No entanto, a entrada do pecado desviou a humanidade desse propósito original.

2: A mensagem do Reino de Deus

A mensagem do Reino de Deus é proclamada por Jesus Cristo durante Seu ministério terreno. Ele pregou sobre arrependimento, perdão dos pecados e necessidade de as pessoas se voltarem para Deus. O cerne da mensagem era a restauração do relacionamento entre Deus e a humanidade por meio do sabor de Jesus na cruz. Ao aceitar Jesus como Senhor e Salvador, as pessoas são convidadas a entrar no Reino de Deus, experimentando transformação espiritual e uma vida plena e abundante.

3: A vida do novo convertido

O novo convertido é aquele que respondeu à mensagem do Reino de Deus e entregou sua vida a Jesus Cristo. Essa decisão traz mudanças, pois o indivíduo é chamado a viver em obedecer aos ensinamentos de Cristo. A vida do novo convertido é marcada pelo crescimento espiritual, pelo estudo da Bíblia, pela oração e pelo amor ao próximo. Embora enfrente desafios, o convertido encontra consolo na comunhão com outros cristãos e na certeza da vida eterna em Cristo.

4: A Comissão Cultural e a Grande Comissão

A Comissão Cultural e a Grande Comissão são conceitos que destacam o papel da igreja na sociedade e no mundo. A Grande Comissão, encontrada nos evangelhos, instrui os cristãos a proclamarem o Evangelho e fazerem discípulos em todas as nações. A Comissão Cultural, por sua vez, enfatiza a responsabilidade da igreja em influenciar positivamente a cultura e a sociedade por meio de valores cristãos, promovendo a justiça, a paz e o amor ao próximo.

5: O Reino de Deus através da Igreja

A igreja é vista como o instrumento através do qual o Reino de Deus é manifestado na Terra. Ela é formada por todos os seguidores de Jesus, independentemente de suas diferenças culturais, étnicas ou sociais. Através da comunhão e da cooperação, a igreja busca expandir o Reino de Deus, compartilhando a mensagem salvadora com o mundo e realizando obras de amor e misericórdia.

6: A eficácia do teste cristão

O testemunho cristão é fundamental para o cumprimento da Grande Comissão. Os cristãos são chamados a viver vidas que reflitam os ensinamentos de Jesus, a fim de que suas ações e palavras sejam um testemunho vivo do poder transformador de Deus. Quando os não-cristãos veem a aceitação e o amor na vida dos seguidores de Cristo, eles são atraídos pela mensagem do Evangelho.

7: A beleza do serviço cristão

O serviço cristão é uma expressão prática do amor ao próximo e da humildade ensinada por Jesus. Através do serviço, os cristãos podem suprir as necessidades físicas, emocionais e espirituais das pessoas ao seu redor. O ato de servir revela a beleza do coração compassivo de Cristo e inspira outros a seguirem o exemplo de amor altruísta.

8: Igreja — Agente transformador da sociedade

A igreja, como agente transformador da sociedade, desafia as estruturas injustas, defende os oprimidos e promove a igualdade. Ela influencia positivamente a cultura ao se posicionar contra a corrupção, a violência e as desigualdades sociais. Através de programas de ajuda humanitária, projetos sociais e envolvimento comunitário, a igreja busca tornar o mundo um lugar melhor.

9: Preservando a identidade da Igreja

Preservar a identidade da igreja é fundamental para não comprometer sua missão. É importante que a igreja aceitasse fiel aos ensinamentos bíblicos e aos princípios do Reino de Deus, mesmo diante de pressões culturais ou políticas. Manter a integridade doutrinária e a unidade entre os membros fortalecer a capacidade da igreja de cumprir seu propósito divino.

10: A atuação social da Igreja

A atuação social da igreja engloba projetos e ações que buscam suprir as necessidades dos menos favorecidos. Através de iniciativas como distribuição de alimentos, cuidados de saúde, abrigos para os desabrigados e projetos educacionais, a igreja demonstra o amor de Cristo na prática, impactando positivamente a vida das pessoas e da comunidade.

11: A influência cultural da Igreja

Ao longo da história, a igreja tem exercido influência significativa na cultura. A música sacra, a arte religiosa e a arquitetura das igrejas são exemplos disso. Além disso, um cristão ético tem leis e normas sociais moldadas em várias sociedades. A influência cultural da igreja pode ser uma força para o bem, inspirando valores positivos e princípios éticos em meio a uma sociedade em constante mudança.

12: A integridade da doutrina cristã

A integridade da doutrina cristã é essencial para evitar distorções teológicas e desvios da verdade bíblica. A igreja deve manter uma base sólida de ensinamentos que reflitam com precisão a mensagem do Reino de Deus. A compreensão correta da doutrina é vital para a maturidade espiritual dos membros da igreja e para a sua eficácia no cumprimento da missão de fazer discípulos.

13: A plenitude do Reino de Deus

A plenitude do Reino de Deus representa a esperança final.


obs: neste poste
so os tiulos que é de Wagner Gaby
os comentários são do PB Ivaldo Fernandes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *