lição Jovens e Adultos 1º Trimestre 2005

TEMA
 O Fruto do Espírito 

SUBTÍTULO: 
A plenitude de Cristo na vida do crente

AUTOR: 
 Antonio Gilberto

A vida cristã é caracterizada por uma busca constante por um relacionamento profundo com Deus, expresso através do desenvolvimento do caráter cristão. Esse processo é representado pelo Fruto do Espírito, mencionado na Bíblia em Gálatas 5:22-23, que consiste em nove virtudes que devem ser cultivadas pelos seguidores de Jesus. Neste artigo, exploraremos cada um desses frutos e seu papel na vida dos cristãos, bem como sua conexão com a vida de Jesus e a importância da frutificação espiritual.


1 – O Fruto do Espírito e o Caráter Cristão

O Fruto do Espírito refere-se a nove qualidades ou virtudes que são produzidas pelo Espírito Santo na vida daqueles que aceitam a Cristo como Salvador. Essas virtudes são: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e temperança. Quando cultivadas, essas características moldam o caráter cristão e refletem a imagem de Cristo para o mundo ao nosso redor.


2 – Uma Colheita Abundante

Assim como um agricultor planta sementes e espera uma colheita abundante, o cristão é convidado a cultivar o Fruto do Espírito em sua vida. Quando nutrimos essas virtudes por meio da oração, leitura da Palavra de Deus e uma busca constante pelo Seu propósito, podemos colher uma vida espiritual frutífera, cheia de amor, alegria, paz e muitas outras bênçãos.


3 – Amor: O Fruto Excelente

O amor é o cerne do Fruto do Espírito e a essência do caráter cristão. Jesus nos ensinou a amar a Deus acima de tudo e a amar nosso próximo como a nós mesmos. Esse amor altruísta é capaz de transformar vidas e relacionamentos, demonstrando o poder do Evangelho em ação.


4 – Alegria: O Fruto da Graça

A alegria encontrada no Fruto do Espírito não depende das circunstâncias externas, mas é uma alegria que transcende as adversidades da vida. Essa alegria provém da certeza da salvação em Cristo e da presença constante do Espírito Santo, que nos conforta e anima mesmo nas dificuldades.


5 – Paz: O Fruto da Harmonia

A paz que o Fruto do Espírito oferece é uma paz que excede todo entendimento. É a tranquilidade interior que vem de confiar em Deus e entregar nossas preocupações a Ele. Essa paz nos capacita a viver em harmonia com Deus e com nossos semelhantes, promovendo a reconciliação e a unidade entre os irmãos em Cristo.


6 – Paciência: O Fruto da Perseverança

A paciência é uma virtude fundamental na vida cristã, pois nos ajuda a perseverar nas provações e a confiar no plano de Deus, mesmo quando não compreendemos completamente suas razões. É a habilidade de esperar em Deus, confiando que Ele está no controle e trabalhando todas as coisas para o bem daqueles que O amam.


7 – Benignidade e Bondade: O Fruto Gêmeo

A benignidade e a bondade andam de mãos dadas no Fruto do Espírito. A benignidade envolve uma disposição amável e compassiva para com os outros, enquanto a bondade se manifesta em ações benevolentes. Ambas refletem o caráter amoroso de Cristo e devem ser evidentes em nossa vida diária.


8 – Fidelidade: O Fruto da Confiança

A fidelidade é a qualidade de ser fiel e confiável em nossos relacionamentos, compromissos e responsabilidades. Assim como Deus é fiel conosco, também somos chamados a ser fiéis a Ele e ao próximo. Através da fidelidade, demonstramos o amor e a lealdade que temos para com o nosso Senhor.


9 – Mansidão: O Fruto da Obediência

A mansidão não é fraqueza, mas sim a humildade e submissão diante de Deus. É a capacidade de controlar a ira e responder com gentileza mesmo em situações desafiadoras. A mansidão nos permite refletir o caráter de Cristo, que se humilhou e obedeceu até a morte na cruz para nos redimir.


10 – Temperança: O Fruto da Disciplina

A temperança é o equilíbrio e a autodisciplina em todas as áreas da vida. Ela nos ajuda a evitar excessos e a viver de forma sábia e moderada. Ao praticar a temperança, somos capazes de resistir às tentações e viver uma vida que glorifica a Deus.


11 – O Fruto do Espírito na Vida de Jesus

Ao examinarmos a vida de Jesus, vemos o Fruto do Espírito exemplificado de forma perfeita. Ele demonstrou amor ao sacrificar-se pelos pecadores, alegria ao cumprir a vontade de Seu Pai, paz ao enfrentar a cruz, paciência ao lidar com os discípulos e com as multidões, benignidade e bondade ao perdoar e curar os necessitados, fidelidade ao permanecer em perfeita comunhão com Deus e mansidão ao se submeter à vontade divina. Em tudo, Jesus foi um exemplo vivo do Fruto do Espírito em ação.


12 – O Fruto e os Dons do Espírito

É importante notar a diferença entre o Fruto do Espírito e os Dons do Espírito Santo. O Fruto refere-se às virtudes que são desenvolvidas no caráter do cristão, enquanto os Dons são habilidades e capacidades especiais concedidas pelo Espírito Santo para servir ao corpo de Cristo.


13 – Frutificação Espiritual: Contra Isso Não Há Lei

Quando o Fruto do Espírito é cultivado em nossa vida, ele produz uma frutificação espiritual que transcende qualquer lei ou regulamento humano. Pois a verdadeira transformação vem de dentro para fora, quando o Espírito Santo age em nós, moldando-nos à imagem de Cristo. Assim, vivemos não mais sob a lei, mas sob a graça, refletindo a glória de Deus através das virtudes do Fruto do Espirito.


obs: neste poste
so os tiulos que é de Antonio Gilberto
os comentários são do PB Ivaldo Fernandes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *