lição Jovens e Adultos 4º Trimestre 2003

TEMA
 Mordomia Cristã 

SUBTÍTULO: 
 Servindo a Deus com excelência

AUTOR:
 Elienai Cabral

1 – A Doutrina da Mordomia

Cristã é um conceito fundamental dentro do Cristianismo, que se baseia na ideia de que os cristãos são mordomos ou administradores de tudo o que Deus lhes confiou. Essa perspectiva abrange diversos aspectos da vida, incluindo o cuidado com o meio ambiente, o próprio corpo, a alma, o espírito humano, o tempo, as finanças, os talentos, a família e o carinho. Neste artigo, exploraremos a importância dessa doutrina e como ela se aplica a cada uma dessas áreas.

  1. 2 – A Importância da Mordomia Cristã

A Mordomia Cristã é essencial para uma vida cristã cristã e transformadora. Ela reconhece que tudo pertence a Deus e que Ele nos confia recursos e dons para administrarmos com sabedoria e responsabilidade. Assumir essa perspectiva nos leva a ter uma visão mais consciente de nossas ações, buscando honrar a Deus em tudo o que fazemos.

  1. 3- Cuidando da Terra

Um cristão mordomia inclui a responsabilidade de cuidar do meio ambiente que Deus nos concedeu. A Bíblia nos ensina que fomos colocados como administradores da criação, e isso implica em agir de forma sustentável e responsável em relação aos recursos naturais. Preservar a natureza e proteger os ecossistemas são salvaguardas concretas da nossa obedecendo a Deus como mordomos da Terra.

  1. 4 – A Tríplice Mordomia Cristã — Corpo, Alma e Espírito

O ser humano é uma unidade complexa composta por corpo, alma e espírito. A mordomia cristã reconhece a importância de cuidar de cada uma dessas áreas de maneira equilibrada. Isso significa manter o corpo saudável, cultivar a vida interior e nutrir a comunhão com Deus.

  1. 5 – mordomia do corpo

O corpo é o templo do Espírito Santo (1 Coríntios 6:19-20), e, como mordomos, devemos zelar por ele. Isso envolve a adoção de hábitos saudáveis, como alimentação equilibrada, exercícios físicos e descanso adequado. Cuidar do corpo não é apenas uma questão de vaidade, mas sim de preservar a ferramenta que Deus nos deu para cumprir nosso propósito na Terra.

  1. 6 – Mordómia da Alma

A alma representa a nossa mente, emoções e vontade. Como mordomos da alma, precisamos alimentá-la com coisas positivas e edificantes, como leitura da Palavra de Deus, meditação, oração e relacionamentos saudáveis. Uma alma bem cuidada é mais resistente às adversidades e mais apta a seguir a vontade de Deus.

  1. 7 – Mordomia do Espírito Humano

A mordomia do espírito humano envolve a busca por uma conexão profunda com Deus, por meio da fé e da prática espiritual. Isso implica em cultivar uma vida de oração, carinho e serviço ao próximo. Como mordomos do espírito, nosso objetivo é estar em constante comunhão com o Criador e permitir que Ele guie nossas decisões e ações.

  1. 8 – Mordomia Cristã do Tempo

O tempo é um recurso precioso e finito. Como mordomos do tempo, devemos usá-lo com sabedoria e discernimento, priorizando as coisas que são realmente importantes aos olhos de Deus. bem gerenciar o tempo inclui dedicar momentos à adoração, ao estudo da Bíblia, à família, ao trabalho e ao descanso.

  1. 9 – A Mordomia Cristã das Finanças

As finanças são outro aspecto importante da vida que Deus nos confia para administrar. A mordomia cristã das finanças envolve princípios como generoso, honradez, evitar o desperdício e a busca por uma vida financeira equilibrada. Administrar as finanças de acordo com os princípios bíblicos nos permite ser bênçãos para os outros e para a obra de Deus.

  1. 10 – Mordomia do Dízimo

O dízimo é uma prática antiga que faz parte da mordomia cristã das finanças. Devolver o dízimo é uma forma de reconhecer que tudo pertence a Deus e de contribuir para o sustento da obra de Deus na Terra. É uma demonstração de confiança em Deus como provedor e de compromisso com Sua obra.

  1. 11 – Mordomia dos Talentos

Deus nos concede talentos e habilidades únicas, e somos chamados a utilizá-los para o Seu propósito. Como mordomos dos talentos, devemos desenvolvê-los e usá-los em benefício do Reino de Deus e para abençoar outras pessoas. Entender que nossos talentos não são apenas para nosso próprio ganho, mas também para servir a Deus e ao próximo, é uma atitude fundamental na mordomia cristã.

  1. 12 – A Mordomia da Família

A família é um dos maiores presentes que Deus nos confia, e a mordomia da família implica em cuidar e nutrir os parentes com amor, respeito e dedicação. Isso inclui o compromisso com o bem-estar físico, emocional e espiritual dos membros da família, bem como o ensino e a vivência dos princípios cristãos no ambiente doméstico.

  1. 13 – A Mordomia da Adoração

A mordomia da adoração envolve dedicar tempo e atenção a Deus em um relacionamento íntimo de louvor e comunhão. Como mordomos da adoração, devemos cultuar a Deus em espírito e verdade, reconhecendo Sua grandeza, amor e soberania em nossas vidas.

obs: neste poste
so os tiulos que é de Elienai Cabral
os comentários são do PB Ivaldo Fernandes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *