O Reino de Deus como realidade presente

 

Leitura Diária Romanos 14

17 Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.

Reflexão
O que significa dizer que o Reino de Deus é uma realidade presente? Significa que Deus já está atuando na história humana, realizando o seu plano de salvação e restauração de todas as coisas. Significa que Deus já está reinando sobre a sua criação, manifestando o seu poder, a sua justiça e o seu amor. Significa que Deus já está convocando o seu povo para participar da sua missão, chamando-o à conversão, à obediência e ao serviço.

Mas como podemos perceber a presença do Reino de Deus no mundo? Como podemos experimentar a sua realidade em nossa vida? A resposta é: pela fé. A fé é a capacidade de ver o invisível, de crer no impossível, de esperar o inesperado. A fé é o dom de Deus que nos permite reconhecer a sua ação na história, na natureza, na sociedade e na igreja. A fé é a atitude de confiança e entrega que nos leva a responder ao seu chamado e a colaborar com a sua vontade.

A fé nos faz ver que o Reino de Deus não é apenas uma promessa futura, mas uma realidade presente. Jesus disse: “O tempo está cumprido, e o Reino de Deus está próximo; arrependei-vos e crede no evangelho” (Marcos 1.15). Jesus anunciou e demonstrou a chegada do Reino de Deus com suas palavras e obras. Ele pregou o evangelho aos pobres, curou os enfermos, libertou os oprimidos, perdoou os pecadores, acolheu os marginalizados, denunciou as injustiças, confrontou as autoridades, desafiou as tradições, revelou o Pai e entregou a sua vida na cruz. Ele ressuscitou dos mortos e ascendeu aos céus, onde está assentado à direita de Deus, como Senhor e Salvador. Ele enviou o Espírito Santo para capacitar a sua igreja a continuar a sua obra no mundo.

A igreja é o povo do Reino de Deus, chamado para ser sal da terra e luz do mundo. A igreja é a comunidade da fé, que vive em comunhão com Deus e uns com os outros. A igreja é o corpo de Cristo, que manifesta a sua presença e o seu poder no mundo. A igreja é a noiva de Cristo, que se prepara para o seu encontro glorioso com ele. A igreja é a agência do Reino de Deus, que proclama e demonstra o seu amor e a sua graça a todas as pessoas.

O Reino de Deus é uma realidade presente, mas também uma esperança futura. O Reino de Deus já chegou, mas ainda não se consumou. O Reino de Deus já está entre nós, mas ainda não se manifestou plenamente. O Reino de Deus já venceu as forças do mal, mas ainda não eliminou todo o sofrimento e a morte. O Reino de Deus já transforma vidas e sociedades, mas ainda não renovou toda a criação.

Por isso, vivemos na tensão entre o “já” e o “ainda não”. Vivemos na expectativa da volta de Cristo, quando ele virá para julgar os vivos e os mortos, para reinar sobre todas as coisas e para entregar o Reino ao Pai. Vivemos na esperança da ressurreição dos mortos, quando receberemos corpos glorificados e incorruptíveis. Vivemos na saudade da nova Jerusalém, quando habitaremos com Deus para sempre.

Enquanto isso não acontece, somos chamados a viver como cidadãos do Reino de Deus no mundo. Somos chamados a buscar em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça (Mateus 6.33). Somos chamados a orar: “Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade” (Mateus 6.10). Somos chamados a testemunhar: “O Reino de Deus está próximo” (Lucas 10.9). Somos chamados a trabalhar: “Até que ele venha” (1 Coríntios 11.26).

Que Deus nos ajude a viver como povo do seu Reino neste mundo!

2 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *