O Discipulo e o Evangelismo

O que é evangelismo? É a proclamação da boa notícia de Jesus Cristo, que morreu na cruz pelos nossos pecados e ressuscitou ao terceiro dia, oferecendo perdão e salvação a todos que nele crerem. Evangelismo é também o cumprimento da missão que Jesus deu aos seus discípulos antes de subir aos céus: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século” (Mateus 28.19-20).

O discípulo é aquele que segue a Jesus, aprende dele e obedece aos seus ensinamentos. O discípulo é também aquele que faz outros discípulos, compartilhando o evangelho com as pessoas e ajudando-as a crescer na fé. O discípulo é um evangelista, pois ele tem o desejo de ver mais pessoas conhecendo e amando a Jesus.

Como podemos ser discípulos e evangelistas eficazes? Aqui vão algumas dicas:

– Ore pelas pessoas que ainda não conhecem a Jesus. Peça a Deus que abra os seus corações e os prepare para receber a mensagem do evangelho. Peça também a Deus que lhe dê oportunidades, sabedoria e coragem para testemunhar de Cristo.

– Ame as pessoas como Jesus as amou. Mostre interesse genuíno pelas suas vidas, suas necessidades, seus problemas, seus sonhos. Seja um amigo fiel, um ouvinte atento, um conselheiro sábio. Demonstre o amor de Deus através de palavras e ações.

– Fale de Jesus com naturalidade e clareza. Aproveite as situações do dia a dia para falar da sua fé, da sua experiência com Deus, das verdades bíblicas. Use uma linguagem simples, acessível e relevante. Não imponha o seu ponto de vista, mas dialogue com respeito e humildade.

– Convide as pessoas para conhecer mais de Jesus. Você pode convidá-las para ir à igreja, para participar de um grupo pequeno, para ler a Bíblia com você, para assistir a um filme ou vídeo sobre Jesus, para fazer um curso ou estudo bíblico. Seja criativo e persistente, mas não insistente ou inconveniente.

– Acompanhe as pessoas que se decidem por Jesus. Não as abandone depois da conversão, mas continue investindo nelas. Ajude-as a se batizar, a se integrar na igreja, a se discipular, a servir, a evangelizar. Seja um mentor, um modelo, um motivador.

O discipulado e o evangelismo são duas faces da mesma moeda. Não podemos separá-los nem negligenciá-los. Eles fazem parte da nossa identidade e vocação como cristãos. Que Deus nos ajude a sermos discípulos fiéis e evangelistas frutíferos, para sua glória e para o bem do seu reino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *