Mulher Cananéia 10 Pontos

 

A “Mulher Cananéia” é uma figura bíblica mencionada nos evangelhos de Mateus e Marcos. Ela é conhecida por seu encontro com Jesus Cristo, onde ela demonstrou grande fé e humildade, resultando em um milagre realizado por Jesus. Aqui estão 10 pontos sobre a história da Mulher Cananéia:

  1. 1 – Origem Cananéia: A mulher era natural da região de Canaã, uma região que incluía partes de Israel e Palestina na antiguidade.

  2. 2 – Filha Possuída por um Demônio: A mulher enfrentava uma aflição difícil, pois sua filha estava possuída por um demônio, que causava sofrimento e angústia a ambas.

  3. 3 – Abordagem a Jesus: Ao saber da fama e poder de cura de Jesus, a mulher decidiu procurá-lo em busca de ajuda para a sua filha aflita.

  4. 4 – Persistência: Ao encontrar Jesus, ela clamou por misericórdia e cura para sua filha. No entanto, inicialmente, Jesus não respondeu ao seu pedido.

  5. 5 – Discípulos Desencorajadores: Os discípulos de Jesus pediram a ele que a mandasse embora, pois ela estava perturbando-os com seus pedidos.

  6. 6 – A Resposta de Jesus: Jesus, em resposta à mulher, disse que seu ministério era inicialmente destinado às ovelhas perdidas de Israel, sugerindo que ele veio para o povo judeu em primeiro lugar.

  7. 7 – A Fé da Mulher: A mulher Cananéia não se deixou abater e, apesar da aparente rejeição inicial de Jesus, ela continuou a implorar por ajuda, demonstrando grande fé em sua capacidade de curar.

  8. 8 – Metáfora dos Cães: Jesus usou a metáfora dos “cães” para ilustrar que, assim como não é apropriado tirar o alimento dos filhos e dá-lo aos cães, não era adequado direcionar sua missão de cura aos não judeus.

  9. 9 – Grande Humildade: A mulher respondeu com humildade e sabedoria, dizendo que mesmo os cães se alimentam das migalhas que caem da mesa de seus donos. Ela reconheceu sua condição de não pertencer ao povo judeu, mas ainda acreditava que podia receber o poder curador de Jesus.

  10. 10 – A Cura: Impressionado com a fé e a resposta da mulher, Jesus elogiou sua grande fé e concedeu a cura de sua filha naquele mesmo instante, libertando-a do domínio do demônio.

Essa história é frequentemente citada como um exemplo de fé, perseverança e humildade, enfatizando a disposição de Jesus em ajudar não apenas os judeus, mas também todas as pessoas de boa fé, independentemente de sua origem ou raça.

por: pb ivaldo fernandes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *