456 A FONTE TRANSBORDANTE

1
Oh! Que fonte transbordante!
Mais profunda que o mar.
É de Deus, o amor imenso,
Que Jesus me veio dar.

Ele me abriu a porta,
E me reconciliou,
Por Seu sangue derramado;
para Deus me consagrou.

2
Como a pomba perseguida
E cansada estava eu
Mas Jesus jamais rejeita,
Quem buscar abrigo Seu.

3
Graça abundantemente
Sobre mim já derramou;
Onde abundou pecado,
Graça superabundou.

4
Quando alvorecer meu dia.
Com Jesus, irei pro céu;
Eu O exaltarei pra sempre,
Pois salvou um perdido réu.

Autor: S.N Samuel Nyström

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *